DESPEDIDA DA FACULDADE

 

 

NOSSA MISSÃO

 

A História comprova a influência que as Faculdades de Direito exerceram sobre a humanidade. De seus bancos saíram grandes mestres, grandes políticos, idealistas, grandes escritores e pensadores, legisladores, etc. Se pensardes em criar uma lista com as vinte maiores personalidades da história, metade delas terão cursado Direito ou nele se envolvido d’alguma forma.

Os estudantes de Direito, têm sido, através da história, os guardiões e mantenedores da cultura geral. São deles as primeiras iniciativas, os maiores empreendimentos, os grandes sonhos... Gandhi, Lincoln, Marx, Rui Barbosa, Lênin, Roosevelt entre muitos outros, são apenas parte destes que, revolucionaram o seu tempo, com idéias advindas dos eternos ideais jurídico-éticos e jusnaturais. Porventura, conseguimos nós hoje, reles alunos numa sociedade moderna, colocarmo-nos à altura daqueles, seja no que for? Porque e o que poderemos fazer então?

 

R E V O LU Ç Ã O C U L T U R A L, é o que propomos!

 

Revolução que comece de baixo para cima! Revolução que comece d’alma em alma e torne-se cada vez mais difundida e mais forte, em prol da Pátria, do Povo e da Humanidade! Nossa missão é semear o conhecimento, é abrir portas, é fechar portas que levem para maus caminhos, é apoiar e incentivar as construções e restaurações das mentes, é dirigir o rumo dos pensamentos para uma preocupação específica da sociedade, para aí nascer uma AÇÃO!

Nossa missão vai além de nós, vai além dos alunos desta e d’outras Faculdades e escolas, além do povo sorocabano e brasileiro... Nossa missão será eterna enquanto houver a luta de um! Que será diária enquanto existir o sonho! Demo-nos as mãos e abramos caminho para o conhecimento e a partir daí, em nossos lares habitará a sabedoria, que dirigirá o rumo de nossos atos e estabelecerá o alcance ilimitado da glória de nossa luta, que decerto, trará sem demora a vitória! Unamo-nos e seremos mais fortes! Ajudemo-nos uns aos outros e venceremos! A utopia não está distante, basta que abramos nossos olhos e estendamos as mãos!

 

HASTA LA VITÓRIA, SIEMPRE!

 

A sociedade atual, com todas as suas mazelas, tem desvalorizado a cultura. Seu grande valor tem sido relegado e protegido por raríssimos homens. Num ambiente de desordem e decadência moral e ética dos indivíduos, caminhamos como que sem rumo, desconhecendo até mesmo os nossos princípios e objetivos diante da vida. Vivemos, como que mortos; utilizamos nosso tempo como se nunca fôssemos morrer. Precisamos entender que de fato, não somos eternos. Somos pequeninos seres na imensidão do universo, dependentes de utilizar sabiamente nosso coração (emoções) e mente (razão) para atingirmos de maneira satisfatória e eficaz todas as nossas metas, planos e sonhos. Sem cultura, o homem não é mais que um animal. Tudo o mais que dele se possa esperar ou se verificar sem isto, não passa de mecanismos naturais dos animais. Viver não é sobreviver. Viver não é desperdiçar o tempo com divagações ou ações vãs, que nada acrescentarão à nossa vida, nem à do próximo. Nós chegamos, por obra da desgraça, ao absurdo de nos cansarmos ou termos preguiça de ler até uma pequenina e singela mensagem como esta. Oh angústia humana, o que será de nós assim? Para que vivermos u’a vida vazia como a que temos? Lazer, recreações, diversões, passeios, viagens, conversas, festas, eventos, etc – daremos valor somente para tais fatores sociais em nossas vidas? E como, desta feita, levaremos a cabo nossos empreendimentos e sonhos, sem cultura na mente e princípios no coração?

Precisamos entender o valor de um momento diário de solidão! Um momento só nosso e para nós. Eu e o livro. Eu e o sonho. Eu e a melodia. Eu e o espetáculo. Eu e o bom filme, revista e jornal. Um momento que ninguém nos atrapalhe, para que possamos, sem mais, num momento de reflexão e introspecção, num momento de leitura e atenção, num momento de estudo e percepção, encontrar o nosso caminho no mundo... E por ele andar, desta vez, com sabedoria e rumo à glória por nós tão sonhada, que até nos parece utopia, mas pode tornar-se real na proporção direta de nossa luta, força, ânimo e dedicação! O que seria de nós, homens atuais, sem os que fizeram isso no passado? O que seríamos sem os que passaram um momento na solidão, para dar ao coração uma missão, transmiti-lo à razão e transformá-lo em ação? Como estamos vivendo e o que somos, em detrimento às mentes célebres de outrora? Capacidade temos, inteligência, memória, tempo, muito mais recursos e oportunidades...

O que nos falta? Falta-nos entender que devemos ir mais longe do que os outros foram! Nos falta compreender nosso lema de Ordem e Progresso! Nos falta lutar, persistente e sabiamente, pelo que cremos ser u’a utopia ou uma mera ilusão – mas poderia ser verdade! O que é ilusão somos nós, que vivemos falsamente, vivemos pela metade ou menos do que isso. Não damos o passo que pensamos... Não lutamos pelo que sonhamos, assim, é óbvio, que tudo se tornará distante e impossível.

TUDO É POSSÍVEL NESTA VIDA! Não há limites para os sonhos, nem para as ações!

E o que tem a CULTURA a ver com isso? Cultura é tudo isso!

Cultura é tudo aquilo que nos acrescenta conhecimentos e sensações, nos fazendo capazes de transformar estes em sabedoria e boas ações, emoções e virtudes... Precisamos nos reerguer, oh humanidade!Um renascimento moral e ético, filosófico e religioso, cultural e físico! No sistema natural, é dever dos homens pensar, sonhar e lutar; fazemo-lo então!

QUE A FORÇA ESTEJA COM VOCÊ!

 

 

MENSAGEM ENVIADA À COMUNIDADE, por ocasião do início das comemorações de 50 anos.

 

Caros amigos, caríssimos mestres...

Me fogem as palavras dos lábios para louvar este Templo do Direito - sim, da Ética e da Justiça - mais pairam sem cessar, no coração... Ainda pequenino, andando pelas ruas foi que pela primeira vez avistei a portentosa Casa, quando cedo sonhou meu coração: Quisera eu ligar-me à sua história! 50 anos de história, 50 anos de glória, 50 anos da doce e esperada vitória, em que tão virilmente lutaram Cardoso, Baldy, Adade entre outros mestres, para que hoje, aqui pudéssemos estar, estudar, crescer e nos confraternizarmos perante a deusa da Justiça e pelo progresso da Pátria. Eis-me, nobre Templo, meu segundo lar por 5 felizes anos, eis-me prestando meu tributo e derramando minhas lágrimas...Lágrimas e luto em respeito aos que se foram...Ilustríssimos bacharéis, doutores e mestres! Oh, quisera o nosso coração prestar-lhes tributo mais decente!

Quisera a nossa fraca força humana aliar-se à Deus, para que incorruptíveis marchássemos sempre adiante! Rumo ao objetivo mor de todo o nosso mister: manter a Ordem e trazer o Progresso a nosso país! Deitado em berço esplêndido até quando, meu Brasil? Gigante adormecido que hiberna pelos séculos! Pátria Amada de todos nós, até hoje não atendestes aos apelos de Rui... Até hoje não vingastes teu passado e tuas dores que perduram, porque te silenciastes muitas vezes quando devias gritar pelo mundo mostrando toda a tua força e potencial!

Oh acadêmicos de Direito! Oh mestres e bacharéis! Até quando lutaremos desunidos? Oh, querida FADI, meio século de vida! Meio século produzindo mentes célebres e corações irrequietos com as mazelas do mundo! Ouçam-me corações! Corações que choram. Que saibais colher desta longa plantação, o melhor fruto. Que possais, com teu novo coração, produzir o futuro. Não esperemos mais pelo sucesso, ele nos aguarda! Não esperemos mais pela batalha, nós já vencemos. Falta conquistarmos a nós mesmos, e então, saberemos viver.

Cada sala, cada canto, cada ambiente deste Lar ensina-nos a viver. Abramos os olhos... Afrouxemos o coração... E aprenderemos.

...

De tudo quanto no mundo tenho visto nada me é mais precioso que a inocente verdade: " JAMAIS SUBSTIME ALGUÉM!"... O ser humano é dotado d'uma imorredoura capacidade: Ele se supera! O fraco torna-se o mais forte, o mais humilde, o melhor, o mais imperfeito, o mais admirável homem...

Isso vos falo para que a humildade renasça em vossos corações e vos guiem sempre! Foi esta a principal qualidade d'alma que levou homens como Lincoln, Gandhi, Luther King, Cristo e tantos outros a vencerem! Humildade n'alma, paz no coração, visão, aperfeiçoamento constante da ética, etiqueta e caráter, disciplina, coragem, determinação, esperança, fé e força jamais poderão nos faltar. Milhões de jovens estão por aí, ao seu lado, nem todos com as mesmas oportunidades, nem todos com a mesma determinação para vencer. Isso falo não para que se orgulheis disso e aproveitem para crescerem por sobre os demais... Mas para que cresçam PARA os demais... Poucos os bons, precisamos lutar constantemente por aqueles que não têm voz, nem vez, nem nada. Lições de Rui, inspiração nos mestres, sadia amizade com todos, dedicação constante para com os estudos (o que faltou-nos tantas vezes!) devem ser nossos manuais vivos para que tenhamos Vida e vida em abundância. Confiar em si mesmo e em Deus, e nada nos poderá deter... Nem ninguém. O mundo não é dos fortes, nem dos poderosos, nem dos famosos... Mas dos fracos e fracassados que se superam, e vencem!

Amigo de todos, peço que prossigam respeitando igualmente professores, funcionários e colegas. Esquecendo-se de fúteis programações, atos e fofocas para que alcancem em si mesmos a meta sonhada pelos que vieram e lutaram, antes de nós.

De todas as lições que na carreira e nos estudos aprendereis Nada é mais importante que entender a importância e a devida aplicação dos eternos princípios da Ética e da Justiça. Partindo-se de uma percepção natural, para que alcance o benefício humano e a vontade divina. Olhais para os mestres. Não pensem em passar por eles e muito menos ficar atrás. Só venceremos – unidos!

 

 

PALAVRAS DE DESPEDIDA, por ocasião da formatura naquela faculdade e adeus aos amigos

 

Saudosista que sou, verei o tempo se passar, a distância chegar e nos tomar, e pelas noites em claro e pelas frias madrugadas me lembrarei de tudo o que passamos juntos! Talvez tenha aprendido a gostar muito mais de todos vocês que vocês de mim. Mas impossível não admirar pessoas sensacionais que passam todos os dias em nossas vidas e muitas vezes nem damos crédito!

Cinco anos de encontro diário e de difíceis batalhas não são fatos para se esquecer fácil! São momentos que vale a pena guardar no coração e refletir dia a dia. Refletir sobre como tudo começou, como está caminhando e sonhar com o melhor que virá, pois estaremos sempre lutando, apesar das derrotas e desafios que decerto também virão...

Vê-los virtualmente já me satisfaz! E que os satisfaça saber que aquilo tudo não foram momentos apenas, de obrigatória convivência e forçoso ou falso trato. Tudo aquilo foram a amizade procurando se concretizar e o carinho a todos se mostrando para nos fazer entender quão bela é a vida e de que devemos lutar por ela, a cada segundo, sob pena de perdê-mos-la ou desgastá-la com futilidades que nada nos trarão à alma num futuro não tão distante em que algo de bom buscarmos na memória para recordar!

Deixo-vos minha amizade. Não vo-los dou como o mundo a dá. Dou-vos com carinho de irmão, de pai, de amigo verdadeiro. Com a preocupação de quem torce por vc a cada dia antes de si mesmo e com o desejo de quem sonha em sua vitória pessoal, pois nela confia e está disposto a ajudar no que for preciso para esse dia e momentos chegarem...

Sempre fui pessoa de poucas palavras e muitos sentimentos. Então quis compartilhar convosco o que tinha de melhor: bons sentimentos e verdadeira amizade. Espero que nada mude e que apenas o tempo passe e as situações mudem. Mas o que temos no peito de bom, daí nunca saia, mas aumente a cada dia, para que possamos de fato fazer jus aos sonhos de nossos antepassados e de nossos queridos mestres: Lutar com amor, dedicação e fé, através de nossos trabalhos, palavras e ações, por um país melhor!

 

Nelson Malzoni (2006/07)